MALANDRO 01 - CABULA

OLHA QUEM VEIO DE LÁ PRA CÁ
DESCENDO O MORRO...CAMINHANDO DEVAGAR

É ZÉ PILINTRA NEGO DO CHAPÉU VIRADO
QUE VEM DESCENDO A LADEIRA...ESTAVA NO CARTEADO

CUIDADO MOÇO...COM O SORRISO DO PILINTRA
QUANDO ESTÁ COM O BARALHO...SEU ZÉ JOGA...ELE NÃO BRINCA

NUMA RODA DE MALANDRO, QUE SE CONHECE SEU ZÉ
QUE GOSTA DE UM CARTEADO, UM SAMBA REDONDO, CERVEJA E MULHER


MALANDRO 02 - CABULA

A MALANDRAGEM...JÁ FALA POR SI SÓ
O NOME DELE É ZÉ PILINTRA...PRÍNCIPE DO CATIMBÓ

ELE NASCEU, SE CRIOU NAS ALAGOAS
E SUA VIDA, SEMPRE LEVOU NUMA BOA

HOJE ELE VEM, NO BATUQUE DO TERREIRO
ELE CHEGA SAMBANDO E SAPATEANDO
ELE É MESTRE JUREMEIRO

COM SUAS MANDIGAS, DESATA QUALQUER NÓ
ELE É SEU ZÉ PILINTRA...PRÍNCIPE DO CATIMBÓ

CONFIO NELE...E NELE TENHO FÉ
RESOLVE QUALQUER PROBLEMA, COM A FORÇA DO SEU AXÉ

É MEU AMIGO...É UM GRANDE CAMARADA
ME DEFENDE DOS PERIGOS AO LOGO DA MINHA ESTRADA

COM SUAS MANDIGAS, DESATA QUALQUER NÓ
ELE É SEU ZÉ PILINTRA...PRÍNCIPE DO CATIMBÓ


MALANDRO 03 - CABULA

Ô LEVA FÉ NESSE HOMEM...ESSE HOMEM É DE AJUDAR
OLHA PODE GRITAR POR SEU NOME...TODA VEZ QUE PRECISAR

É PRA QUEM TEM FÉ...E QUISER LHE PROCURAR
VAI AONDE TIVER, UMA LINDA BATUCADA
UMA NOITE ENLUARADA

UM BARALHO, CERVEJA E MULHER
ISSO É COISA DE MALANDRO, ISSO É COISA DO SEU ZÉ

SE NO TEU CAMINHAR...ENCONTRAR ALGUM PERIGO
CHAMA SEU QUE ELE PASSA CONTIGO, ELE TEM MUITA FORÇA, ELE TEM MUITO AXÉ

É POR ISSO QUE EU DIGO E GRITO NA FORÇA DA FÉ

SOU DA UMBANDA, PRESTO CARIDADE
SOU AMIGO DO SEU ZÉ


MALANDRO 04 - CABULA

QUEM QUISER FALA COM ZÉ
VAI NUMA RODA QUE TEM MULHER

SE TIVER UM CARTEADO, SE TIVER BEBIDA FINA
VOCÊ VAI FALAR COM ZÉ FUNGANDO NO CANGOTE DA MENINA


MALANDRO 05 - CABULA

ZÉ PILINTRA NÃO QUER TRABALHAR
ZÉ PILINTRA SÓ QUER VADIAR

ELE FUMA, ELE BEBE, ELE JOGA NO BICHO
SEU DINHEIRO VAI TODO PRO LIXO


MALANDRO 06 - CABULA

SE A RÁDIO PATRULHA CHEGASSE AQUI AGORA
SERIA UMA GRANDE VITÓRIA

NINGUÉM PODERIA CORRER
AGORA QUE EU QUERO VER

QUEM É MALANDRO, NÃO PODE CORRER


MALANDRO 07 - CONGO

MALANDRO, MALANDRO, MALANDRO
MALANDRO VOCÊ NÃO MORREU

MALANDRO...MALANDRO
VIROU FUMAÇA E DESAPARECEU

QUANDO EU SUBO O MORRO
EU SUBO O MORRO SÓ PARA LHE VER

MALANDRO...MALANDRO
EU PRECISAVA FALAR COM VOCÊ


MALANDRO 08 - CABULA

ZÉ...ZÉ...ZÉ...ZÉ MALANDRO ENGANADOR
ENGANOU MOÇA BONITA COM PALAVRAS DE AMOR

NÃO FUI EU QUE ENGANEI ELA
ELA MESMA SE ENGANOU


MALANDRO 09 - CABULA

TAVA PRESO NO XADREZ
QUANDO SOUBE A NOTÍCIA QUE MINHA SENTENÇA ERA DE UM ANO E SEIS MESES

EU DEI UM PULO PRO ALTO E QUASE CAÍ
PENSANDO NAQUELA MULHER QUE EU TANTO AMEI

A MINHA FAMÍLIA NÃO IA ME VISITAR
MEU CAMARADA, RESOLVEU ME ABANDONAR

FUI SOLTO EM UMA NOITE DE LUAR
ENCONTREI ZÉ PILINTRA, FUMANDO E BEBENDO NUMA MESA DE BAR


MALANDRO 10 - CABULA

Ô ZÉ...QUANDO FOR PARA LAGOA
TOMA CUIDADO COM O BALANÇO DA CANOA

Ô ZÉ...FAÇA TUDO O QUE QUISER
SÓ NÃO MALTRATE O CORAÇÃO DESSA MULHER


MALANDRO 11 - CABULA

O MORRO DE SANTA TERESA ESTÁ DE LUTO
SÓ PORQUE ZÉ PILINTRA MORREU

ELE MORREU NA PORTA DO CABARÉ
COM SETE FACADAS NO PEITO
POR CAUSA DE UMA MULHER

ELE CHORAVA POR UMA MULHER
ELE CHORAVA POR UMA MULHER

ELE CHORAVA POR UMA MULHER QUE NÃO LHE AMAVA


MALANDRO 12 - CABULA

ZÉ PILINTRA NÃO VAI LÁ NO CANDOMBLÉ

SE ELE FOR...TEM QUE LEVAR MULHER


MALANDRO 13 - CABULA

AI DE MIM...AI DE MIM
AI DE MIM...SE NÃO HOUVESSE UM HOMEM ASSIM

ZÉ PILINTRA É CAMARADA
ZÉ PILINTRA É COMPANHEIRO

ESSE HOMEM TEM LUZ PRÓPRIA
ELE TEM SEU PADROEIRO

NA FAVELA ELE É O BAMBA
NO MORRO FEZ SUA MORADA

QUEM QUISER SABER SEU NOME, É ZÉ PILINTRA DA ESTRADA

AI DE MIM...AI DE MIM
AI DE MIM...SE NÃO HOUVESSE UM HOMEM ASSIM

Ó MEU GRANDE CAMARADA
ME DÊ SUA PROTEÇÃO

ME METI EM UMA ENRASCADA
VEJA QUE SITUAÇÃO

EU ENTREI NO CARTEADO
E FIQUEI SEM UM TOSTÃO

ME ENVOLVI COM UMA MORENA
MAS SEU NOME É TRAIÇÃO

AI DE MIM...AI DE MIM
AI DE MIM...SE NÃO HOUVESSE UM HOMEM ASSIM

TEM MISTÉRIO NO SORRISO, TEM FEITIÇO NO OLHAR
SARAVÁ SEU ZÉ PILINTRA, AQUI EM QUALQUER LUGAR

OLHA MOÇO EU TE PEÇO...PARA NUNCA ME ABANDONAR
SE EU PERDER SUA FORÇA...COMO IREI CAMINHAR

AI DE MIM...AI DE MIM
AI DE MIM...SE NÃO HOUVESSE UM HOMEM ASSIM


MALANDRO 14 - CABULA

DE MANHÃZINHA...QUANDO EU VOU DESCENDO O MORRO
A NEGA PENSA QUE EU VOU TRABALHAR

EU BOTO MEU BARALHO O BOLSO
MEU CACHICOL NO PESCOÇO
E VOU PRA BARÃO DE MAUÁ

TRABALHAR...TRABALHAR...TRABALHAR PRA QUÊ
SE EU TRABALHAR EU VOU MORRER


MALANDRO 15 - CABULA

VOCÊS TÃO VENDO AQUELA CASA PEQUENINA
LÁ NO ALTO DA COLINA QUE EU MANDEI FAZER

É LÁ QUE MALANDRO MORA
OTÁRIO NÃO TEM MORADIA

Ô JOGA CHAVE MEU BEM
QUE AQUI FORA ESTÁ FRIO

MAS HOJE EU PERTUBEI TEU SONO MOÇA
MAS AMANHÃ EU NÃO PERTUBO MAIS


MALANDRO 16 - CABULA

APAGUE A LUZ...ACENDE A VELA
APAGUE A LUZ...ACENDE A VELA

QUE A MALANDRAGEM TOMOU CONTA DA FAVELA


MALANDRO 17 - CABULA

SEU ZÉ PILINTRA TEM UMA NEGA NA COZINHA
SEU ZÉ PILINTRA TEM UMA NEGA NA COZINHA

ELA TOCA RECO RECO COM A COSTELA DA GALINHA


MALANDRO 18 - CABULA

BOTEQUIM TREMEU...A PORTEIRA FECHOU
A POLÍCIA CHEGOU E ZÉ PILINTRA NÃO MORREU

LÊ..LÊ..LÊ..LÊ...LÊ...LÊÁ


MALANDRO 19 - CABULA

CHAPÉU DE PALHA...LENÇO VERMELHO NO PESCOÇO
CHAPÉU DE PALHA...LENÇO VERMELHO NO PESCOÇO

ZÉ PILINTRA VEM NA UMBANDA PRA DIZER
BOA NOITE MOÇO


MALANDRO 20 - CABULA

METRALHADORA...QUATRO...CINCO...TRÊS OITÃO
METRALHADORA...QUATRO...CINCO...TRÊS OITÃO

OLHA QUE ESSA ALMA JÁ NÃO TEM MAIS SALVAÇÃO


MALANDRO 21 - IJEXÁ

BRAVO SENHOR BRAVO
SEU ZÉ PILINTRA CHEGOU

E SALVOU MÃE
SALVOU PAI
SALVOU PADRINHO E MADRINHA
SALVOU UM CEGO A ESTRADA
E UM ALEIJADO NA ESQUINA


MALANDRO 22 - CABULA

 

CADÊ SEU ZÉ PILINTRA, DE CHAPÉU BRANCO NA MÃO

COM GRAVATA ENCARNADA, MANDANDO SOCAR PILÃO

 


MALANDRO 23 - CABULA

 

ESCURIDÃO NO MEU VIVER...PRECISO DE UM CLARÃO NA MINHA VIDA

ACREDITAR QUE EM CADA NOVO AMANHECER...POSSO ENCONTRAR A PAZ PERDIDA

NA MADRUGADA, AO CAMINHAR A MINHA FÉ...VOU SEGUIR NA SUA LUZ QUE ME ILUMINA

NO SAMBA, NO PAGODE, NA BATUCADA...SEU ZÉ É O CAMARADA QUE ME GUIA

SOB O CLARÃO DA LUA, COM MALANDRO SOU MAIS EU...AS MULHERES DOU CARINHO, E DA NOITE O REI SOU EU

UMA CERVA BEM GELADA, UM PANDEIRO E VIOLÃO...HOJE TUDO É ALEGRIA, NÃO EXISTE SOLIDÃO

MAS BALANÇOU...BALANÇOU...BALANÇOU NÃO CAIU...A MINHA VIDA MUDOU, NOVO HORIZONTE SURGIU

 


MALANDRO 24 - CABULA

 

NA RUA DAS AMARGURAS...AONDE SEU ZÉ PILINTRA

CHORAVA POR UMA MULHER...CHORAVA POR UMA MULHER

CHORAVA POR UMA MULHER QUE ELE AMAVA

 


MALANDRO 25 - CABULA

 

DEU UM CLARÃO NO MORRO...EU FUI VER QUEM É

ERA SEU ZÉ PILINTRA...MEU MALANDRO DE FÉ

LÁ NA ENCRUZILHADA COM SEU TRANCA RUA...ESTAVAM TRABALHANDO NO CLARÃO DA LUA

ELE É MEU PROTETOR, ME LIVRA DO PERIGO...MEU MESTRE ZÉ PILINTRA É MEU MELHOR AMIGO

DEU UM CLARÃO NO MORRO...EU FUI VER QUEM É

ERA SEU ZÉ PILINTRA...MEU MALANDRO DE FÉ

ELE É MULHERENGO, E TEM MUITO AXÉ...COM SEU TERNO BRANCO E SAMBA NO PÉ

SEU ZÉ ENCANTADOR E VAI TE ENFEITIÇAR...USANDO A MALANDRAGEM PRA TE CONQUISTAR

 


MALANDRO 26 - CABULA

 

ABRE A RODA DO TERREIRO QUE O MALANDRO VAI CHEGAR

COM SEU CRAVO NA LAPELA, E SEU TERNO BRANCO PISCANDO PRA ELA

OLHA O CONHAQUE CHEIROSO, PRA ELE DELICIAR

ACENDA O CIGARRO DE PALHA, QUE ELE GOSTA DE FUMAR

INCORPOROU...INCORPOROU...O DONO DA MALADRAGEM

INCORPOROU...INCORPOROU...O MALANDRO DE VERDADE

É ZÉ PILINTRA, MALANDRO FORMOSO...CHEGANDO DEVARGAZINHO

COM SEUS PASSOS DESLIZANTES, SAMBANDO NO SAPATINHO

INCORPOROU...INCORPOROU...O DONO DA MALADRAGEM

INCORPOROU...INCORPOROU...O MALANDRO DE VERDADE

BATAM FORTES OS ATABAQUES...ZÉ PILINTRA É DA VIDA

VEM LIVRAR VOCÊ DE ASSALTO E TAMBÉM DE BALA PERDIDA

INCORPOROU...INCORPOROU...O DONO DA MALADRAGEM

INCORPOROU...INCORPOROU...O MALANDRO DE VERDADE

 


MALANDRO 27 - CABULA

DEU MEIA NOITE

NO CLARÃO DA LUA CHEIA

BOM MALANDRO NÃO BAMBEIA

NA TRISTEZA DÁ UM NÓ

ETERNO BAMBA ELE É PURA ALEGRIA

E DENTRO DA BOEMIA ZÉ PILINTRA É O MAIOR

ESTE VALENTE FOI UM GRANDE AVENTUREIRO

HOJE BRILHA NOS TERREIROS

VENCE O MAL E O QUE VIER

COM SUA GINGA SEU JEITO MALANDREADO

É ETERNO APAIXONADO

NOS BRAÇOS DE UMA MULHER

É ZÉ PILINTRA BOÊMIO DA MADRUGADA

ENTRE TODAS AS MULHERES

SÓ UMA FOI SUA AMADA

 


 

MALANDRO 28 - CABULA

ELE É SEU ZÉ ELE É SEU ZÉ

TAMBÉM E MESTRE MEU AMIGO ELE É

NA DESCIDA DO MORRO

ALGUÉM PEDE SOCORRO

ELE VAI ATENDER

É MALANDRO É ESPERTO

SE VOCÊ ESTÁ CERTO VAI LHE DEFENDER

TEM JOGO DE CINTURA COM SUA BRAVURA

NUNCA VI IGUAL

É GRANDE COMPANHEIRO MALANDRO MANEIRO

UM AMIGO LEAL

ELE CHEGA NO SAMBA NA RODA DE BAMBA

É UM BOM JOGADOR

ELE É BOM NA RASTEIRA JOGA CAPOEIRA

É UM VENCEDOR

SEU BRAÇO É FORTE CONFIA NA SORTE

DOMINA O MAL

DENTRO DA BOEMIA

SEU ZÉ É MAGIA SEU ZÉ É O TAL


 

MALANDRO 29 - CABULA

ADEUS...MORENINHA VOU ME EMBORA
NÃO CHORA NÃO...NÃO CHORA

NÃO CHORA...PORQUE UM DIA VOLTAREI
POIS VOCÊ FOI A PRIMEIRA MULHER QUE EU AMEI

A PORTA DA CAPELA ELA RESSAVA
PEDIA FELICIDADE ATÉ O FIM

NA CASA POPULAR ELA DIZIA...SEU ZÉ
VÁ SE EMBORA MAS NÃO SE ESQUEÇA DE MIM