CHACRA é uma palavra sânscrita cujo significado é roda. Os Chacras são vórtices (turbilhões), semelhantes a rodas que existem na superfície do duplo etérico do homem.


O homem é uma alma que possui um corpo, ou em realidade vários corpos, porque além do corpo visível, possui outros corpos invisíveis à visão ordinária, com os quais se relaciona com os mundos emocional e mental.


O duplo etérico é parte do corpo físico, mas invisível, por onde fluem as correntes vitais que mantêm vivo o corpo, e funciona como ponte para transmitir ao corpo denso as sensações emocionais e a variação do pensamento do corpo astral.


O clarividente o vê como uma massa deneblina cinza-violeta, fracamente luminosa, que interpenetra a parte densa do corpo físico e se estende um pouco mais além deste.


O corpo físico necessita de contínua alimentação de três fontes distintas: comida para a digestão, ar para a respiração e três modalidades para a assimilação. Essa vitalidade é essencialmente uma força, mas revestida de matéria parece um elemento químico sumamente refinado.

 

OS CENTROS DE FORÇA


Os Chacras, também chamados de centros de força, são por onde flui a energia em conexão de um a outro veículo ao corpo do homem. Quem possuir um ligeiro grau de clarividência os verá facilmente no duplo etérico, em cuja superfície aparecem sob a forma de depressões semelhantes a pratinhos ou vórtices. Quando bem desenvolvidos, parecem círculos com 5 cm de diâmetro, brilhando fracamente no homem vulgar, mas que em condições especiais parecem diminutos sóis (brilhantes).


Estas rodas giram incessantemente, e pelo cubo ou boca aberta de cada uma delas flui continuamente a energia do mundo superior. Sem esse influxo de energias não existiria o corpo físico.


Portanto, os centros de energia ou Chacras, atuam em todo o ser humano. No homem pouco evoluído o seu movimento é lento e agem o necessário para movimentar o fluxo de energias. No homem evoluído possuem luz brilhante, recebendo uma uantidade bem maior de energias, dando ao indivíduo um acréscimo de suas potências e faculdades.


O nosso duplo etérico possui dezenas de chacras, mas 7 são os principais, que descrevemos a seguir, colocando o seu nome em português, em sânscrito e sua localização no corpo:

  1. Chacra Coronário - Sahrasrara - No alto da cabeça
  2. Chacra Frontal - Ajna - Entre as sobrancelhas
  3. Chacra Laríngeo - Vishuddha - Na frente da garganta
  4. Chacra do Coração - Anahata - Sobre o coração
  5. Chacra do Umbigo - Manipura - No Umbigo
  6. Chacra do Baço - Próximo aos órgãos genitais
  7. Chacra Raiz ou Básico - Muladhara - Base da coluna dorsal


Obs.) O Chacra do baço, não possui registro de seu nome em sânscrito, na literatura indiana. É considerado perigoso o seu ativamento. No plano egípcio de desenvolvimento (iniciação), tomava-se precauções especiais para evitar seu ativamento.

 

CHACRA CORONÁRIO - Fica situado no alto da cabeça e atua no cérebro e cerebelo. Sua energia é a Essência Divina. Seu atributo é a fortaleza, segundo o grau de vitalidade pode gerar a paciência ou a ira. Recebe com maior intensidade a força vital do sol é chamado de "Flor das Mil Pétalas". Sua vibração de cor atuante é o branco, mas considerando o estado harmônico do ser, outras vibrações atuam, gerando a cor dourada. Na Umbanda, este Chacra corresponde à vibração de OXALÁ, sendo o melhor dia de absorção de influências a sexta-feira. Seu símbolo é a Flor de Lótus. Seus cristais de energização são: topázio imperial, cristal claro, diamante, quartzo turmalinado, quartzo rutilado e citrino.


Obs.) As imagens pictóricas e esculturais das divindades e excelsas personagens do Oriente, costumam mostrar no alto da cabeça uma proeminência, como se vê na estátua do Senhor Buda (Na Ilha de Java), característica da alta espiritualidade.


CHACRA FRONTAL - Fica situado entre os olhos e atua sobre a fonte, os sinos e os olhos. Sua energia é o poder oculto da palavra. Seu atributo é o respeito. Segundo o grau de sua vitalidade pode gerar a firmeza ou leviandade. Sua cor atuante é o amarelo, mas pelas circunstâncias do estado harmônico do ser pode gerar raias de cor azul. Na Umbanda, este  Chacra corresponde à vibração das SENHORAS (OXUM, YEMANJÁ, YANSÃ e NANÃ), o melhor dia de absorção de influências é o sábado. É também chamado Chacra da Terceira Visão. Seu símbolo a estrela de seis pontas. Seus cristais de energização
são: sodalita, azurita, lápis lázuli, safira, fluorita e ametista.


CHACRA LARÍNGEO - Fica situado na altura da garganta física, atua na região do pescoço e se estende a faringe, laringe, glândula tireóide, etc. Sua energia é o Poder Supremo. Seu atributo é o entendimento. Segundo o grau de sua vitalidade pode gerar a esperança ou o receio. Sua vibração de cor atuante é o vermelho mas em face do estado harmônico do ser pode gerar vibrações de cor azul-violeta. Na Umbanda, este Chacra corressponde à vibração de IBEJI, sendo o melhor dia de absorção de influências o domingo. Seu símbolo é a lua crescente. Seus cristais de energização são: amazonita,
turquesa, água marinha, turmalina azul e topázio azul.


CHACRA CARDÍACO - Fica situado na altura do coração físico, atua sobre o coração, sangue, aparelho circulatório, etc. Sua energia é o Poder do Conhecimento. Seu atributo é a sabedoria. Segundo o grau de sua vitalidade pode gerar a humildade ou a soberba. Sua vibração de cor atuante é o verde mas em face do estado harmônico do ser pode gerar raias amarelas com cambiantes azuis. Na Umbanda, este Chacra corresponde à vibração de XANGÔ, e o melhor dia de absorção de influências é quarta-feira. Seu símbolo é a cruz. Seus cristais de energização são: malaquita, esmeralda, turmalina verde, quartzo rosa, turmalina rosa e rodocrosita.


CHACRA SOLAR - Fica situado na altura do umbigo físico, atua diretamente sobre as víceras abdominais, fígado, pâncreas, aparelho digestivo, etc. Sua energia é o Poder do Pensamento  Criador. Seu atributo é justiça. Segundo o grau de sua vitaliade pode gerar a generosidade ou o egoísmo. Sua vibração de cor atuante é o alaranjado, mas consequente o estado harmônico do ser pode gerar raias de vibrações amarelo-avermelhadas com cambiantes verdes. Na Umbanda, este Chacra corresponde à vibração de OGUM, e o melhor dia de absorção de influências a terça-feira. Seu símbolo é o círculo. Seus cristais de energização são: citrino, topázio, pirita, pedra da lua e olho de tigre.


CHACRA DO BAÇO - Fica situado na altura do baço físico, sua atuação é sobre o baço, pâncreas e glândulas supra renais. Sua energia é o Poder da Vontade. Seu atributo é o conselho. Conforme o grau de sua vitalidade pode gerar a prudência ou a imprudência. Sua vibração de cor atuante é o azul, mas de acordo com o estado hamônico do ser pode gerar vibrações com tendências para o vermelho-violeta. Na Umbanda, este Chacra corresponde á vibração de OXÓSSI, sendo o melhor dia de absorção de influências a quinta-feira. Seu símbolo é o triângulo. Seus cristais de energização são: rubi, pedra da lua, ágata vermelha, âmbar, olho de tigre.


CHACRA RAIZ OU BÁSICO - Fica situado na base da coluna dorsal fisica, atua diretamente sobre a próstata, bexiga, glândulas seminais, ovários, etc. Sua energia é o Kundalini (ou Fogo Serpentino Regenerador). Seu atributo é pureza. Segundo o grau de sua vitalidade pode gerar a castidade ou a imoralidade. Sua vibração de cor atuante é o violeta, mas de acordo com o estado harmônico  do ser pode gerar raias vermelhas com cambiantes azuis. Na Umbanda, este Chacra corresponde à vibração das ALMAS, sendo o melhor dia de abasorção de influências a segunda-feira. Seu símbolo é o quadrado.
Seus cristais de energização são: turmalina negra, obsidiana, ônix, quartzo fumê, granada e cristal turmalinado.

 

NOTA - Se prestarmos a atenção quando uma Entidade aplica passes, ela geralmente o faz tocando nos pontos de posicionamento dos Chacras. Os passes nada mais são que uma forma de transferência de energias para equilíbrio dos centros de força do ser. Poderão também ser aplicados os cristais adequados, mas necessário se faz saber qual ou quais os Chacras que estão em desarmonia.