Em 1967, o Dr. Fritz (que dizem ser o espírito de um médico alemão desencarnado), incorporava em um médium conhecido como Zé Arigó, e as revistas "REALIDADE", "O CRUZEIRO" e "FATOS E FOTOS", publicaram reportagens sobre o médium, decantando suas "maravilhosas" qualidades mediunicas de operar, curar, etc.


Mas o que vamos ressaltar é o seguinte: " Vergonhosamente, acintosamente, em todas as reportagens, além da fotografia do Sr. Arigó, por trás dela, bem visível, ostensivamente, em letras garrafais, aparecia um cartaz, bem grande, pregado na parede com esses dizeres: "ESPIRITISMO DE KARDEC, SIM ! UMBANDA E MACUMBAS QUE NÃO CURAM E CAUSAM DOENÇAS, NÃO ! NADA DE TERREIROS". Ass. Dr. Fritz.


E quando surgimos (a convite), num famoso programa de televisão - SHOW SEM LIMITES - inicialmente na TV-RIO, depois na TV TUPI (Outubro/Novembro de 1967), debatendo vários assuntos, entrando na polêmica, pois visava sempre elucidar sobre a UMBANDA, e fizemos sua defesa, desassombradamente, durante a apresentação o Sr. Arigó (ou Dr. Fritz), a que viesse provar aquela indignidade (definido o que ele entendia por Umbanda), agitando e apaixonando o meio umbandista digno, consciente, sincero, foi que aceitamos tomar alguns contatos no citado meio.


Nesta circunstância recebemos o apoio direto de alguns irmãos umbandistas, que julgamos dignos, sinceros, assim como o Dr. Henrique Landi e outros, e muito especialmente do digno Deputado Átilla Nunes.


Com esse confrade e valoroso umbandista, através de seu programa "Cânticos da Umbanda - Melodias de Terreiro" pela Rádio Rio de Janeiro, debatemos a questão, em longas entrevistas, intimando os responsáveis para que retirassem dali - do Gabinete de Curas - do Sr. Arigó, aquela tabuleta, o que foi dito, segundo comunicações e retratações posteriores por cartas e  jornais...

Henrique Landi Neto