Há pessoas estrelas e há pessoas cometas.

Os cometas apenas são lembrados pelas datas que passam e retornam.

As estrelas permanecem. Transcorrem os anos, milhões de anos e as estrelas permanecem. Os cometas desaparecem.

Há muita gente cometa. Passa pela vida da gente apenas por instantes. Gente que não prendem a ninguém e a ninguém se prende. Gente que passa pela vida sem iluminar, sem aquecer, sem marcar presença. Assim são muitos e muitos artistas e também reis e rainhas. Brilham por instantes nos palcos da vida ou nos seus próprios castelos. E com a mesma rapidez com que aparecem, também desaparecem.

Importante é ser estrela. Permanecer. Estar presente, marcar presença. Estar junto. Ser luz. Ser calor. Ser vida

Amigo é estrela. Podem passar os anos, podem surgir distâncias, mas a marca fica no coração. Assim são os amigos: estrelas na vida da gente. Pode-se contar com eles. São presenças, São aragem nos momentos de tensão. São luz nos momentos escuros, são alimentos nos momentos de fraqueza. São segurança no momento de desânimo.

Ser estrela nesse mundo passageiro, neste mundo cheio de pessoas cometas é um desafio, mas acima de tudo uma recompensa.

É nascer e ter vivido e não apenas existido...

Autor Desconhecido